Estrutura Organizacional no IBM MAXIMO (MULTISITE)

Estrutura organizacional

Estrutura organizacional é um conceito oriundo da área de administração e gestão de empresas. Trata da forma como a empresa é organizada em torno da divisão de atividades e recursos com fins de cumprir os objetivos da companhia.

No MAXIMO, a estrutura organizacional funciona no conceito MULTISITE, onde é possível transportar a estrutura da organização para o sistema com o objetivo de desenvolver o compartilhamento e a restrição de dados entre plantas (sites) da organização.

Organizações

A empresa deve utilizar mais de uma organização no MAXIMO quando pelo menos um dos fatores abaixo se enquadra no negócio:

  • Códigos de moeda distintos: uma organização multinacional localizada em países diferentes. Por exemplo, Brasil com BRL e Estados Unidos com USD;
  • Planos de contas com estruturas distintas: GL com diferentes segmentações justificam a utilização de organizações separadas.

A empresa pode utilizar mais de uma organização quando um ou mais fatores abaixo forem pertinentes:

  • Tipos de serviço de manutenção distintos entre as organizações;
  • Regras distintas de permissões de navegação por status de Ordens de Serviço;
  • Padrões de inventário distintos, onde um negócio permite registro de saldo negativo e o outro não;
  • Uma organização deve autorizar o registro de mão de obra automaticamente enquanto a outra requer intervenção manual;
  • Diferentes opções de compras e contratos.

Usualmente, a criação de organizações distintas no sistema é pertinente caso as unidades estejam localizadas em países diferentes, com regras específicas de moedas, horários, idiomas, etc.

Uma das principais vantagens da utilização do MULTISITE no MAXIMO é a segregação de visão de dados, conforme mostra a tabela abaixo:

Sites

As informações de Ordens de Serviço, Ativos e Posições e outros dados são separadas por site. Conforme a imagem abaixo, Belo Horizonte, Bogotá, Atlanta, Orlando e Houston possuem suas visões separadas destes dados.

Um usuário de Atlanta não teria acesso a uma Ordem de Serviço de Houston, pois embora pertençam à mesma organização, estão em sites diferentes.

Planos de Trabalho podem ou não ser compartilhados entre sites e organizações.

 

Conjuntos

Empresas e Itens podem ser compartilhados entre organizações distintas:

Empresas e Itens são organizadas por conjuntos. Caso o mesmo conjunto seja relacionado em mais de uma organização, os registros podem ser utilizados em todas elas. No cenário Brasil / Colômbia, eu poderia ter um fornecedor no Equador, compartilhado pelas duas organizações.

Consulte a documentação da IBM para entender melhor sobre as restrições de visões do IBM MAXIMO em sua estrutura organizacional.

 

Configuração no Sistema

O cenário deste artigo foi reproduzido no sistema, acessível através da aplicação Organizações, no módulo Administração:

Nas informações da organização Brasil, temos a moeda base BRL, moeda base 2 USD, conjunto de Itens ISET e conjunto de empresas CSET (compartilhados com a organização Colômbia):

Além disso, temos uma informação de conta de compensação, usualmente utilizado em uma integração com um ERP para controle de custos.

Na aba Sites, temos BH e SP que poderiam ser duas unidades fabris onde seus dados de serviço não seriam compartilhados entre si, fornecendo uma visão clara de execução das atividades:

Assim sendo, os equipamentos, posições, planejamento e serviços de BH não seriam exibidos em SP e vice-versa, a menos que o negócio exigisse esta visibilidade. Neste caso, é possível configurar o sistema para não restringir estes dados.

Na organização USA, temos como requisito o status do item padrão para ACTIVE (Ativo), ou seja, a cada novo item criado nesta organização, o seu status padrão será ativo. Além disso, a categoria do estoque padrão STK significa que os itens seriam criados como estocáveis, ou seja, passíveis de controle de inventário:

Como no desenho da estrutura do estudo, temos os três sites na organização USA:

Caso uma nova planta seja incorporada à organização, basta adicioná-la no sistema, assim como seus demais dados básicos, como equipamentos e posições, pessoas e recursos, etc.

Cada usuário possui seu site padrão, onde o mesmo será utilizado quando novos registros forem criados:

Além disso, é possível marcar a opção “Utilizar o Site de Inserção Padrão como Filtro de Exibição?” que irá exibir apenas registros daquele site, ocultando registros dos demais sites na busca.

E assim concluímos o artigo básico sobre a estrutura organizacional no IBM MAXIMO, mais conhecido como MULTISITE. Caso tenha alguma dúvida, é possível consultar o documento da IBM com informações complementares ou deixe uma mensagem neste blog.

Manual IBM: https://www.ibm.com/support/knowledgecenter/pt-br/SSLKT6_7.6.0/com.ibm.mbs.doc/pdf_mbs_sysadmin.pdf

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s