História da IoT (e sua origem na M2M)

Neste post falarei um pouco sobre como a evolução tecnológica nos levou até a criação da IoT (Internet of Things), ou em bom português, a Internet das Coisas. Muitos dizem que a tecnologia é tão revolucionária que vai superar a própria Internet em importância.

IoT.jpg

História

Admirável mundo novo… aliás, não tão novo assim! Podemos dizer que a Internet das coisas tem suas origens no M2M (Machine to Machine), onde suas raízes estão ligadas a outras tecnologias, desenvolvidas no decorrer do século XX, como a invenção do radar (RAdio Detetcion And Ranging) pelos britânicos em meados de 1930, a partir de uma necessidade criada em resposta ao temor iminente de ataques aéreos pelos alemães, do desenvolvimento do SOSUS (SOund SUrveillance System) nos anos 50 para distinguir submarinos de baleias por meio de sensores de som e não muito depois disso, nos anos 70, a invenção do RFID (Radio Frequency IDentification) que viabilizou o rastreamento das coisas como pessoas, animais, veículos e outros objetos.

Radar.jpg

Em paralelo ao desenvolvimento de algumas das tecnologias criadas no século XX, vale destacar também o monitoramento remoto, que foi evoluindo com o passar dos anos, chegando bem próximo ao que posteriormente se tornaria conhecido como M2M, partindo de simples alertas visuais ou sonoros, informando o mal funcionamento de equipamentos, passando por controladores como as primeiras gerações do PLC (Programmable Logic Controller), até controles centrais de monitoramento com o advento dos microprocessadores, como a visualização remota de posicionamento de trens em ferrovias por meio de dispositivos de pressão que informavam onde cada composição estava passando.

train.jpg

Depois disso vieram os sistemas SCADA (Supervisory Control and Data Acquisition), que utilizam software para monitorar equipamentos conectados auxiliando a tomada de decisão, por exemplo, por meio de variações detectadas em sensores de temperatura, pressão, umidade e outros. Os sistemas SCADA compõem as raízes do M2M, o que acabou por fim originando o termo IoT, que sumariamente insere a variável Internet na equação.

ScadaLaquis.png

Falando sobre a Internet das coisas para a indústria, imagine um antigo sistema PLC em uma fábrica que emitia um alerta caso uma esteira atingisse o limite pré-definido de vibração para que uma ação fosse tomada a fim de evitar paradas não programadas.  Transforme esse alerta em uma mensagem enviada através da Internet para um sistema de monitoramento e alerta em um servidor localizado muito frequentemente a centenas ou milhares de quilômetros de distância. Esta é a IoT, conectando coisas que obtém dados do mundo físico para a Internet.

IoT é um novo nome para o não tão novo M2M, que surgiu há poucos anos atrás por conta principalmente do barateamento da tecnologia requerida, como os micro controladores, os sensores, os componentes eletrônicos e a própria Internet.

D1MC.jpg

Portanto, a podemos definir a IoT como a conexão das coisas à Internet transferindo informações relevantes – ou não – para sistemas de processamento de dados, como ERPs, EAMs ou serviços na nuvem feitos exclusivamente para receber e tratar essas informações com suporte a decisão.

As possibilidades de uso da IoT se estende até os limites da criatividade humana, sendo o próximo passo para a expansão da Internet e das redes para ambientes como a indústria, o comércio, as cidades, as residências e até mesmo nossos corpos.

Se quiser saber mais sobre a Internet das Coisas e como ela está mudando o mundo, inscreva-se em nossos canais de comunicação:

Linkedin: https://www.linkedin.com/company-beta/10048647/
Twitter: @maximoconsult
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCjnH2_DNSTPsnFw-PTy0Myg
e-mail: leonardo@maximocon.com

 

Anúncios

2 thoughts on “História da IoT (e sua origem na M2M)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s